Sem Título

Minha vida é um texto, um conto com início, meio e fim. No momento vivo o segundo ato do meu início, a parte mais importante, já que ela define quais os meios que posso ter, para depois decidir meu final feliz.

desalinha meu intelecto e diz que eu estou aqui, que eu não fui pra qualquer dimensão tardia, sem nexo, absurda. me destrói, me reconstrói, eu preciso de uma nova composição, outras cores e notas, um abraço querendo ficar, me ajuda a não me perder depois de virar a esquina e sumir de vez.

Página 1 de 153 1 2 3 4 5 »